Browse Category: Curiosidades

MakerBot-Digitizer

Scanner que permite impressão de uma miniatura sua em uma impressora 3D

Realmente a humanidade está avançando numa velocidade assustadora. Um exemplo é o caso das empresas Artec, Shapify e Mirror Image. Elas revelaram um scanner incrível, que pode scannear o corpo inteiro de uma pessoa. E faz isso em uma velocidade impressionante, 12 segundos, e ai gera uma perfeita miniatura de quem foi scanneado.

Depois que é feito o scnneamente completo a miniatura pode ser impressa em uma impressora 3D.

Artyom Yukhim, que é o CEO da companhia, sugere que essa pode ser uma maneira maravilhosa de inúmeras pessoas relembrarem entes e pessoas queridas. Então vamos poder ter miniaturas, além de fotos e vídeos, das pessoas importantes das nossas vidas. Imagina ter uma miniatura de seu filho(a)! Muito show né?!

Eu consigo ter outros pensamentos nerds para essa novidade, como por exemplo colocar uma fantasia maneira de algum personagem que você gosta e scannear! rsrs

Se você teve alguma outra ideia, coloca ai! rsrs

Veja abaixo o vídeo que faz uma breve demonstração da tecnologia:


agua

Cuide da água um bem precioso , ela está realmente acabando ? Carta escrita no ano 2070

Cuide da água um bem precioso , ela está realmente acabando ? Carta escrita no ano 2070

A água realmente está acabando ? Hoje ao acessar o youtube (https://www.youtube.com/watch?v=DwoFWuEuuz4)me deparo com um vídeo super interessante , que espero que alerte a mente das pessoas , e o modo de como veem o futuro , pois quando falamos em futuro pensamos logo em … Carros Voadores , Celulares transparentes , Robôs , mas , isso pode mudar muito , isso pode ser muito diferente se não nos alertarmos , em 2002 um escritor escreveu uma narrativa de como ele achava que seria o futuro e foi publicado na revista biográfica “Crónicas de los Tiempos” de Abril de 2002 .

Carta escrita no ano 2070

Estamos no ano 2070 e acabo de completar os 50 anos, mas a minha aparência é de alguém de 85.

Tenho sérios problemas renais porque bebo pouca água. Creio que me resta pouco tempo. Hoje sou uma das pessoas mais idosas nesta sociedade.

Recordo quando tinha 5 anos. Tudo era muito diferente. Havia muitas árvores nos parques, as casas tinham bonitos jardins e eu podia desfrutar de um banho de chuveiro por cerca de uma hora.

Agora usamos toalhas em azeite mineral para limpar a pele. Antes todas as mulheres mostravam a sua formosa cabeleira. Agora devemos raspar a cabeça para mantê-la limpa sem água.

Antes o meu pai lavava o carro com a água que saía de uma mangueira. Hoje os meninos não acreditam que a água se utilizava dessa forma. Recordo que havia muitos anúncios que diziam CUIDE DA ÁGUA, só que ninguém lhes ligava; pensávamos que a água jamais podia terminar.
Agora, todos os rios, barragens, lagoas e mantos aquíferos estão irreversivelmente contaminados ou esgotados. Antes a quantidade de água indicada como ideal para beber era oito copos por dia por pessoa adulta. Hoje só posso beber meio copo.

A roupa é descartável, o que aumenta grandemente a quantidade de lixo; tivemos que voltar a usar os poços sépticos (fossas) como no século passado porque as redes de esgotos não se usam por falta de água.

A aparência da população é horrorosa; corpos desfalecidos, enrugados pela desidratação, cheios de chagas na pele pelos raios ultravioletas, já que não temos a capa de ozônio que os filtrava na atmosfera. Imensos desertos constituem a paisagem que nos rodeia por todos os lados. As infecções gastro-intestinais, enfermidades da pele e das vias urinárias são as principais causas de morte.

A indústria está paralisada e o desemprego é dramático. As fábricas dessalinizadoras são a principal fonte de emprego e pagam-te com água potável em vez de salário.

Os assaltos por um galão de água são comuns nas ruas desertas. A comida é 80% sintética. Pela ressequidade da pele uma jovem de 20 anos parece como se tivesse 40.

Os cientistas investigam, mas não há solução possível. Não se pode fabricar água. O oxigênio também está degradado por falta de árvores o que diminuiu o coeficiente intelectual das novas gerações.

Alterou-se a morfologia dos espermatozóides de muitos indivíduos, como consequência há muitos meninos com insuficiências, mutações e deformações.
O governo já nos cobra pelo ar que respiramos: 137m3 por dia por habitante adulto. As pessoas que não pode pagar são retiradas das “zonas ventiladas”, que estão dotadas de gigantescos pulmões mecânicos que funcionam com energia solar, não são de boa qualidade mas pode-se respirar, a idade média é de 35 anos.

Em alguns países existem manchas de vegetação com o seu respectivo rio que é fortemente vigiado pelo exército. A água é agora um tesouro muito cobiçado, mais do que o ouro ou os diamantes. Aqui já não há árvores porque quase nunca chove, e quando chega a registrar-se uma precipitação, é de chuva ácida; as estações do ano tem sido severamente transformadas pelos testes atômicos e da industria contaminante do século XX. Advertiam-se que havia que cuidar o meio ambiente e ninguém fez caso. Quando a minha filha me pede que lhe fale de quando era jovem descrevo o bonito que eram os bosques, a chuva, as flores, do agradável que era tomar banho e poder pescar nos rios e barragens, beber toda a água que quisesse, o quão saudável que as pessoas eram.

Ela pergunta-me: “Papai, porque acabou a água?” Então, sinto um nó na garganta; não posso deixar de sentir-me culpado, porque pertenço à geração que destruiu

o meio ambiente ou simplesmente não tomamos em conta tantos avisos. Agora os nossos filhos pagam um preço alto e sinceramente creio que a vida na Terra já não será possível dentro de muito pouco tempo, porque a destruição do meio ambiente chegou a um ponto irreversível.

Como gostaria de voltar atrás e fazer com que toda a humanidade compreendesse isto quando ainda podíamos fazer alguma coisa para salvar o nosso Planeta Terra!

ESPERO QUE TENHA ALERTADO VOCÊS , E QUE VOCÊS LIGUEM PRO SEGUINTE ANUNCIO :

hArquivo

14674.0.pos

A incrível tinta invisível da Volvo

De primeira já vou avisando, infelizmente o que é invisível é a tinta, mas você não vai ficar invisível se usa-la!

Inicialmente, a tinta foi desenvolvida para proteger os ciclistas, pois a presença deles nas estradas e ruas tornou-se comum. Em Portugal, por exemplo, podem usar a estrada como um carro desde que seja respeitado do Código de transito. Só que durante a noite, dificilmente são vistas, com isso podem causar diversos tipos de acidentes.

Para contornar esse problema, a Volvo criou a LifePaint, uma tinta invisível que torna-se refletora quando a luz dos carros incide sobre as zonas em que é usada. A LifePaint vem em forma de spray e pode ser usada nas bicicletas, roupas ou capacetes.

Apesar de durar apenas 10 dias, pode ser lavada com água (o que significa que pode desaparecer em dias de chuva). Durante o dia é impossível notar que está sendo usada.

Além de ciclistas, a LifePaint pode ser usada por trabalhadores, portões, marcações, etc, já que qualquer superfície é iluminada assim que a luz incide na mesma.

Não consegui ver onde está disponível, mas pelo que notei, somente em algumas lojas do Reino Rnido.

A tinta faz parte de um seguimento de uma campanha da Volvo, que pretende que até 2020 nenhuma pessoa sofra um acidente causado por um carro da marca.

Segundo a Gizmag, a marca sueca é conhecida pela segurança dos seus veículos, sendo umas das suas principais características de referência.

Muito maneiro não?!

Veja abaixo algumas fotos:

[huge_it_gallery id=”3″]